. Empresa de Táxi aéreo autônomo inicia testes - Tudo Sobre Tecnologia





Estamos em um momento onde a mobilidade está em discussão e novidades são bem vindas. Enquanto a Uber vem oferecendo serviço com tuk-tuk, uma empresa da Nova Zelândia quer enviar ao mercado uma aeronave elétrica que funciona de forma autônoma e promete viagens mais rápidas.
A Wisk, empresa de mobilidade aérea apresentou na última terça-feira (04/02) um acordo com a Nova Zelândia que permite o inícios dos testes de seu projeto de táxi aéreo, com exclusividade na região de Canterbury.



O projeto se mostra bem interessante e recebeu o nome de Cora. Se tratando de uma aeronave elétrica que permite decolagens e pousos verticais, o que torna a utilização em cidades muito mais prática, que permite até dois tripulantes e a intenção é que funcione de forma autônoma.
Para manter a segurança dos tripulantes, a Cora mesmo sendo autônoma, contará com o auxilio de um copiloto que trabalhará remotamente, assim garantindo que nenhum erro aconteça.
A aeronave Cora conta com 12 rotores que consegue fazer que a máquina alcance a velocidade de até 161km/h, isso chegando em uma altura de 1.500 pés.
Para utilização em cidade, o fato de funcionar de forma eVTOL, que seria as decolagens e pousos verticais facilita bastante, já que qualquer outra aeronave precisa de um espaço para iniciar vôo.
O projeto evoluindo, poderemos ver a Wisk chegando com a Cora em outros países e quem sabe até mesmo no Brasil. Não se trata de um carro voador, mas se assemelha, sem contar que difere bastante dos meios de transportes mais utilizados atualmente.

0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo