. Samsung sofre maior queda na participação de mercado desde a morte do Note 7 - Tudo Sobre Tecnologia



Sem dúvida o ano de 2016 vai deixar uma cicatriz bem amarga para Samsung. Após toda saga do emblemático Galaxy Note 7 ter chegado ao fim de forma prematura, a companhia ficou sem um flagship oficial para seguir no embate contra outras gigantes da tecnologia.


A solução encontrada como um “paliativo” foi intensificar a produção da linha S7, em prol de oferecer a melhor alternativa para os clientes. Contudo, todo prejuízo que o explosivo phablet deixou não vai ser apagado tão facilmente.
No início de novembro, relatórios apontaram que a gigante sul-coreana registrou queda de quase 20% nas vendas de tablets, sendo que no mês de outubro, com o fim iminente do notório integrante da família Galaxy, os números apresentavam uma queda de 60% para empresa no segmento de dispositivos móveis.
E corroborando com as pesquisas prévias, as notícias que vieram à tona esta semana não são nada favoráveis para a companhia asiática. De acordo com dados da Gartner Group, empresa de consultoria norte-americana, os relatórios apontam que a Samsung neste último trimestre de 2016 sofreu uma queda impressionante, com 19,2% ao ano, sendo esta a maior queda em toda história da empresa.

















As vendas de smartphones da Samsung no terceiro trimestre de 2016 como um todo diminuíram 14,2% ao ano, o pior desempenho da companhia. A última vez que a empresa apresentou tais resultados foi no ano de 2014, quando chegou no quarto trimestre com 12,3% na queda.
Ressaltou o diretor de pesquisa Anshul Gupta, complementando que o lançamento do futuro Galaxy S8 pode ser um divisor de águas para empresa.

O dano sofrido pela Samsung vai tornar mais difícil para a empresa aumentar suas vendas de smartphones em curto prazo. Para companhia é crucial que o Galaxy S8 seja um sucesso absoluto, de modo que parceiros e clientes possam recuperar a confiança na marca.
Contudo, as especulações que diziam que a Apple iria abocanhar a fatia deixada pela Samsung não aconteceram. A empresa de Cupertino também perdeu quota de mercado, terminando com um índice de 11,5%.
As grandes vencedoras desde ano foram as companhias chinesas Oppo e BBK, com ambas chegando próximo de duplicar a quota de mercado mundial na venda de smarpthones.
No momento, a Samsung segue trabalhando arduamente para manter a integridade da marca e consolidar seu nome na elite do mercado, e pretende fazer história com a chegada do Galaxy S8.




0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo