. Microsoft vai 'matar' Steam em prazo de cinco anos; acusa criador de Gears of War - Tudo Sobre Tecnologia

A famosa plataforma de games Steam, extremamente popular entre jogadores no Windows, pode estar com os dias contados. De acordo com o polêmico co-criador de Gears of War, Tim Sweeney, a Microsoft tentará eliminar a loja a todo custo em um prazo de cinco anos. A intenção, diz ele, será forçar o download de títulos somente via Windows Store.
As duras acusações de Sweeney chegam meses depois de outra polêmica. Em março, o co-fundador da Epic Games defendeu uma postura austera contra a plataforma de aplicativos universais do Windows 10. Para ele, a iniciativa serve para acabar com programas em Win32e impedir que usuários instalem apps de qualquer lugar, tornando o sistema fechado como o OS X.


Para o desenvolvedor de jogos, a Microsoft teria uma estratégia na manga para "matar" a Steam sem fazê-lo de forma direta. Ao menos não de primeira.
Lentamente, ao longo dos próximos 5 anos, eles vão lançar patches forçados para Windows 10 para tornar a Steam cada vez pior e mais bugada. Eles nunca vão quebrá-la completamente, mas vão fazer isso de forma contínua até que, em cinco anos, as pessoas estejam fartas de tantos bugs e comecem a char a Windows Store a uma alternativa ideal.
Sem apresentar qualquer prova ou exemplo, Sweeney foi além e disse que a Microsoft "fez exatamente isso com os seus concorrentes anteriores em outras áreas". E continua: "a Microsoft pode não ser competente o suficiente para ter sucesso com seu plano, mas eles certamente estão tentando".
A ideia por trás da teoria da conspiração é que a Microsoft impossibilite o funcionamento da Steam até que ela se torne impopular. A partir daí, estaria aberto o caminho para impedir completamente que jogos e aplicativos possam ser baixados fora da Windows Store.


Vale lembrar que, desde a atualização de novembro de 2015, o Windows 10 já permite a instalação de apps universais por padrão, sem necessidade de liberação manual prévia. Isso permite, em teoria, continuar a obter programas de sites de forma independente, desde que sejam eles desenvolvidos nos novos moldes.

Epic Games x Microsoft

Tim Sweeney não é o primeiro fundador da Epic Games a levantar polêmica contra a Microsoft. Em junho, outro co-criador de Gears of War, Cliff Bleszinski, disse que o anúncio antecipado Project Scorpio "soou como pedido de desculpas". Segundo o desenvolvedor, o sucessor do Xbox One chegaria para ofuscar um suposto fracasso da atual geração, que não teria poder de fogo suficiente em comparação com a concorrência.


0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo