. Huawei se prepara para liderar o mercado de smartphones dentro de cinco anos - Tudo Sobre Tecnologia



A Huawei possui um plano ambicioso para os próximos cinco anos. Até 2021, a fabricante chinesa pretende ultrapassar Apple e Samsung e se tornar líder mundial no mercado de smartphones, com uma fatia de 25%, de acordo com informações obtidas pelo Wall Street Journal com um executivo da companhia. Atualmente, a sul-coreana lidera com cerca de 24,5%, seguida pela Maçã, que atualmente possui pouco mais de 15%, segundo números do IDC para o primeiro trimestre de 2016.

"Nós queremos ser a fabricante número um de smartphones no mundo. É uma corrida de longa distância, e nós temos paciência", disse o diretor da Huawei, Richard Yu. "Nosso crescimento vem principalmente do segmento high-end e premium. Se você quer ser líder em vendas, você tem que liderar no high-end", receitou.


O primeiro trimestre de 2016 de fato permite que a empresa sonhe. Terceira colocada em número de unidades vendidas no mundo, a Huawei cresceu enquanto Samsung e Apple tiveram queda. A chinesa vendeu 58,4% de unidades a mais em comparação ao mesmo período de 2015, enquanto as líderes perderam 0,6% e 16,3%, respectivamente, de fatia, de acordo com o IDC. Com 27,5 milhões de smartphones, a Huawei abocanhou uma fatia de 8,2% do mercado, aumento de três pontos percentuais em relação ao primeiro trimestre de 2015. A Apple viu sua parte diminuir de 18,3% para 15,3%, enquanto a Samsung perdeu apenas 0,1 pp.
E o crescimento da chinesa não é apenas em casa. Europa, Oriente Médio e outras partes do mundo também estão aderindo cada vez mais à fabricante. O foco agora deve ser nos Estados Unidos, onde a presença da Huawei ainda é pequena. Yu disse que a empresa está em negociações com operadoras para oferecer planos especiais ao consumidor americano.
Mas a aposta maior da companhia é no diferencial da câmera de seus aparelhos. O Huawei P9 foi lançado com lente dupla desenvolvida em parceria com a Leica. Segundo Yu, as duas empresas possuem um acordo de longo termo e exclusividade, e a Huawei pretende lançar mais smartphones com lente Leica nos próximos cinco anos. A fabricante chinesa também possui parceria com a Alphabet, dona do Google, para desenvolver um celular inteligente preparado para a realidade virtual. E investe pesado em ampliar o portfólio de patentes: foram US$ 9,2 bilhões em pesquisa e desenvolvimento no último ano, contra US$ 8,1 gastos pela Apple. Mas nesta área a Samsung lidera, com investimentos de US$ 12,5 bilhões.


A empresa também investe em publicidade, inclusive no futebol. O finalista da Liga dos Campeões, Atlético de Madrid, é um dos vários clubes que estampam a marca em suas camisas. No Brasil, o Santos chegou a ser patrocinado pela fabricante em 2014, mas o acordo durou poucos meses.


0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo