. Memorando do FBI diz que agência ajudará a desbloquear iPhones em investigações - Tudo Sobre Tecnologia



A disputa entre a Apple e o FBI não acabou após o sucesso da agência de investigação em desbloquear o iPhone do responsável pelo ataque terrorista de San Bernadino. Diversas agências de polícia dos EUA estão pedindo ajuda do FBI, como em um julgamento de um assassinato no Arkansas, e a Apple quer saber qual foi a vulnerabilidade explorada pelos investigadores.


O impasse é que o governo não quer abrir mão dessa vantagem, pois se a Apple souber essa informação, a empresa corrigirá a falha e não haverá mais este meio para a justiça conseguir dados de iPhones em investigações. Por outro lado, se essa vulnerabilidade for descoberta por hackers mal intencionados, todos os usuários estarão em sério risco.
A Apple pode ter uma chance de saber como o FBI desbloqueou o iPhone 5c através de um caso de tribunal em Nova York envolvendo um iPhone deste mesmo modelo, pertencente a um traficante de drogas. Se o caso prosseguir, a Apple deve usar esta fase do julgamento para exigir que a informação seja entregue aos seus advogados.
O FBI tem debatido internamente se deve ou não de alguma forma usar a nova tática desenvolvida para hackear o iPhone 5C para ajudar as autoridades locais que investigam dispositivos da Apple em seus casos criminais, de acordo com o Washington Post.
Um memorando de sexta-feira sugere que pode haver limitações neste uso, observando que a Agência iria tentar qualquer método "consistente de nossas restrições legais e políticas". Parte do desafio com a nova técnica é que foi classificado como secreta pela Agência e potencialmente pode ser exposta em processos penais. "Estamos nisto juntos," diz a carta.


 
Como tem sido nossa política de longa data, o FBI, claro, considerará qualquer ferramenta que possa ser útil para nossos parceiros. Por favor, saibam que continuaremos a fazer tudo que pudermos para ajudá-los consistentemente com nossas restrições legais e políticas. Vocês tem nosso compromisso de que vamos manter um diálogo aberto com vocês. Estamos nisto juntos.
Alguns acreditam que empresa israelense de software Cellebrite, a fabricante de ferramentas utilizadas para mover contatos e outros dados de um telefone para um novo, foi quem ajudou o FBI a encontrar os meios de desbloquear o iPhone. O dia em que o FBI anunciou que ele tinha obtido sucesso sem a ajuda da Apple, um contrato de US$ 15.000 entre a Cellebrite e o FBI foi encontrado online.


0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo