. Conheça os smartphones bons e baratos para os tempos de crise - Tudo Sobre Tecnologia


Faixa de entrada (até R$ 700)


Reprodução 

Redmi 2 Pro: o smartphone da Xiaomi é, para nós, a melhor opção de custo-benefício do mercado, custando R$ 700. Com 2 GB de memória RAM, ele evita os problemas do irmão Redmi 2, que tem apenas a metade disso e é mais propenso a travamentos. O aparelho conta com uma câmera decente, de 8 megapixels na traseira e 2 MP na frente, com um processador Snapdragon 410. A tela de 4,7 polegadas é preenchida pela resolução de 1280x720.




Reprodução

Lumia 640: o aparelho é a opção ideal para quem gosta do Windows Phone, com características de intermediário por preço de modelo de entrada. O aparelho é encontrado por R$ 600 e, com 1 GB de memória RAM e processador Snapdragon 400, consegue fazer bem mais do que seria capaz um Android com as mesmas configurações. A câmera também não decepciona, com 8 megapixels na traseira e um sensor frontal de 1 MP. A tela de 5 polegadas também conta com resolução 1280x720.


 Reprodução

Moto E 2ª geração: Vamos ser honestos. O aparelho não é tão bom quanto os outros, nem de longe. Ele não se compara ao Redmi 2 Pro, nem ao Lumia 640 em qualidade. No entanto, o que ele não tem em qualidade, ele compensa em preço, sendo possível encontra-lo por menos de R$ 500. Ele tem o mesmo processador do Redmi 2 Pro, um Snapdragon 410, com 1 GB de RAM. A tela de 4,5 polegadas tem resolução 960x540, o que não é muito, mas também não chega a ser muito problemático. A câmera é o ponto mais fraco, com 5 megapixels na traseira e apenas 0,3 na frente.
Faixa intermediária (até R$ 1,2 mil)


Ok, estes aparelhos não são tão baratos, mas ainda assim são as melhores condições de custo-benefício para quem procura mais do que um aparelho de R$ 700 pode oferecer. Então, se você está procurando algo um pouco mais robusto, mas continua sem interesse em desembolsar uma fortuna, essas são as nossas recomendações:

Reprodução 

Moto X 2014: é uma das melhores opções para quem não quer gastar uma fortuna em um smartphone, mas procura algo com desempenho satisfatório. O aparelho foi o top de linha da Motorola em 2014 e continua muito bom nos dias atuais, podendo ser encontrado por menos de R$ 1 mil. O processador Snapdragon 801, junto com 2 GB de memória e tela de 5,2 polegadas com resolução 1920x1080. A câmera tem 13 megapixels na traseira e 2 MP na frontal.




Reprodução 

Lenovo Vibe A7010: Uma novidade no mercado, a Lenovo mostra que tem fôlego para colocar sua marca entre as opções do brasileiro. O aparelho pode ser encontrado por R$ 1,1 mil e traz um processador MediaTek octa-core, 2 GB de RAM, tela de 5,5 polegadas com resolução 1920x1080. A câmera traseira é de 13 megapixels e a frontal é de 5 MP.


 

Quantum GO 4G: deixando de lado o preconceito que muitos têm com a Positivo, o aparelho traz bom desempenho para a faixa de preço, com um processador MediaTek octa-core e 2 GB de memória RAM. Por R$ 1 mil, o aparelho também conta com uma tela de 5 polegadas com resolução 1280x720. Ele faz imagens em 13 megapixels com o sensor traseiro e de 5 MP com o frontal.


Reprodução 

Moto G 2015: Custando a partir de R$ 950, o “queridinho do Brasil” já não é mais tão acessível quanto foi há alguns anos. Ele aumentou seu preço, mas também aumentou em qualidade. Suas câmeras de 13 megapixels na traseira e 5 MP na frente são algumas das melhores na faixa de preço. O processador ainda é um Snapdragon 410 e a memória RAM varia entre 1 GB e 2 GB, dependendo da versão escolhida. A tela de 5 polegadas traz a resolução de 1280x720.


0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo