. Sindicado dos táxis de SP decrara guerra contra o Uber - Tudo Sobre Tecnologia



Em um vídeo postado ontem no Facebook, Antonio Matias, presidente do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores nas Empresas de Táxi de São Paulo (Simtetaxis) disse ao prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que "acabou a moleza" e que "agora é cacete".



Agora é cacete

Segundo Matias, a declaração do prefeito aborreceu a categoria dos taxistas. "Não brinque com essa categoria, respeito é bom e os taxistas merecem", disse. O presidente do Simtetaxis declarou também que "a Uber não vai trabalhar em São Paulo. Só vai trabalhar se for em modal táxi, no carro particular nós não vamos permitir".
De acordo com Matias, fiscalizar o funcionamento do Uber é possível mesmo sem regulamentação. "Nós já prendemos mais de 250 veículos", afirmou. O sindicalista declarou também que Haddad está "na marca do pênalti, porque eu vou estar na sua cola".
Briga velha
Essa não é a primeira vez que o presidente do principal órgão de representação dos taxistas de São Paulo faz declarações desse teor. Em junho de 2015, Matias declarou que, se o Uber viesse a ser legalizado, "vai ter morte".
Na cidade de São Paulo, o processo de regular o funcionamento do Uber está nas fases finais. Nos últimos dias de dezembro de 2015, a prefeitura propôs um decreto para a regulamentação do aplicativo que foi elogiado pela própria empresa.




0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo