. O fim da TV analógica será ainda mais lento que o planejado no Brasil - Tudo Sobre Tecnologia

Imagem

A TV analógica vai acabar no Brasil… algum dia. O Ministério das Comunicações planejava migrar a cidade de Rio Verde (GO) para o sinal digital em novembro de 2015, e grandes capitais ao longo deste ano – mas os planos mudaram.



No novo cronograma, os duzentos mil habitantes de Rio Verde ficarão sem sinal analógico a partir de 15 de fevereiro; e Brasília será a única capital que migrará totalmente para o sinal digital em 2016, mais especificamente em outubro.

Outras capitais só migrarão de sinal em 2017, caso de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Goiânia, Salvador, Recife e Fortaleza. Elas serão acompanhadas por outras cidades do estado de São Paulo e do Nordeste.

E em 2018, a transição para a TV digital vai incluir as capitais restantes, todo o interior do RJ e SP, mais grandes cidades do Sul, Centro-Oeste e Norte.

E quanto às outras cidades? Bem, elas terão bastante tempo para migrar: o cronograma de desligamento foi prorrogado para 2023.

Para desligar a TV analógica em um município, o Ministério das Comunicações exige que pelo menos 93% dos domicílios recebam o sinal digital.

Segundo a Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão), nem mesmo a cidade de Rio Verde – onde seria feito o desligamento-piloto – atingiu esse mínimo. Em setembro, apenas 49% dos lares estavam preparados para a TV digital, mesmo que o conversor seja oferecido gratuitamente para famílias cadastradas no Bolsa Família.



O conversor digital-para-analógico custa a partir de R$ 100, um gasto que impacta mais as finanças das classes C, D e E, e que é visto como algo supérfluo em tempos de crise – a qualidade de imagem nem melhora tanto na TV de tubo. Segundo a PNAD 2013, 54,5% dos domicílios tinham apenas esse tipo de televisor.

Por isso, o ministério quer educar a população sobre as mudanças, com tarjas informativas, cartelas e vídeos para os telespectadores. A portaria obriga as redes de TV a divulgarem, com um ano de antecedência, o desligamento do sinal digital.

O espectro de ondas ocupado pela TV analógica será liberado para o 4G e outros serviços de telefonia. Essa transição já foi feita em quase toda a Europa, nos EUA, Canadá, Austrália, Japão, Coreia do Sul, entre outros. Em países como a Noruega, até mesmo o rádio vai migrar totalmente para o sinal digital, aposentando as frequências FM.


0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo