. Microsoft teve US$ 5 bilhões de lucro líquido no último trimestre - Tudo Sobre Tecnologia



A Microsoft divulgou na manhã desta sexta-feira, 29, seus resultados fiscais do último trimestre fiscal de 2015, encerrado em dezembro. A empresa registrou um ganha de US$ 5 bilhões em lucro líquido e 23,8 bilhões em receita. O lucro por ação foi de US$ 0,62, com a Microsoft retornando US$ 6,5 bilhões para os investidores em forma de dividendo e recompras de ações durante este trimestre.


Estes números ainda representam uma diminuição de quase 10% na receita e redução de 15% no lucro líquido, se comparados com trimestres dos mesmos períodos anteriores.
Quando desmembramos todas as divisões da Microsoft, temos a informação de que as receitas por "Produtividade e Processos de Negócios" também diminuiu. Ela faz parte da mesma divisão inclui a equipe do Office 365 e outras ferramentas voltadas para o mundo business. E, falando sobre o Office 365, a Microsoft destaca que sua receita aumentou em 60%, atingindo 20,6 milhões de assinantes.
Um outro negócio da Microsoft que continua crescendo se trata de serviços na nuvem, como o Azure, que teve um crescimento de receita de 140% ao ano e um crescimento global para toda a divisão de 5% da receita.
Tratando-se das receitas de computadores pessoais, a Microsoft registrou uma queda de 5%, principalmente por causa da queda de receitas também das fabricantes que licenciam o Windows. A Microsoft, no entanto, explica que este declínio se deu por causa do desempenho atual do mercado.
O Surface, no entanto, vem sendo uma das divisões mais positivas da Microsoft, onde suas receitas aumentaram 29% graças ao lançamento do Surface Pro 4 e do Surface Book durante o período de festas natalinas. Os assinantes da Xbox Live, inclusive, tiveram um crescimento substancial de 30% ano-sobre-ano, atingindo 48 milhões de assinantes.


Mas, apesar da boa performance do Surface e de outros produtos da Microsoft, como o Xbox,a divisão móvel da companhia não tem dado bons frutos. A receita do Windows Phone teve um declínio de 49%, com redução de 57% nas vendas se comparado ao mesmo período do ano passado. Nem mesmo os mais recentes lançamentos da linha Lumia ajudaram a empresa a se recuperar e, no total, ela vendeu apenas 4,5 milhões no trimestre.
De um modo geral, os números ainda assim são positivos para a Microsoft, pois mostra como outras apostas como serviços na nuvem e o Office 365 vêm mostrando crescimento contínuo e constante.


0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo