. Segurança é colocada em primeiro lugar no Android do BlackBerry Priv - Tudo Sobre Tecnologia



BlackBerry não estava de brincadeira quando disse que usaria o Android somente, e somente se, o sistema operacional pertencente à Google fosse seguro o suficiente.

Priv, o primeiro celular da companhia canadense a vir com o robozinho instalado de fábrica, ganhou um ambiente virtual com foco em privacidade, daí seu nome, 'priv', então não espere por notícias relacionando a novidade da antiga RIM (Research In Motion) à vazamentos de informações pessoas, por exemplo, pois ela levou a sério a proteção individual dos usuários. Simbolizando isso tudo o que foi dito, uma lista foi montada com os recursos extras de 'barreiras virtuais' implementadas pela empresa norte-americana em sua interface. Acompanhe depois da imagem.
Imagem: interface Android que estará no BlackBerry Priv, primeiro celular da empresa a contar com o robozinho


  • Abordagem capaz de garantir a segurança para todos os smartphones. BlackBerry realizou mudanças notáveis na interface Android para transformá-la em sinônimo de facilidade e rapidez. Com melhor gestão da privacidade, a autenticação de usuários se torna segura e simplificada, adicionado sua marca registrada de empresa amiga ao ramo comercial. Por meio disso, será bastante improvável que os utilizadores se percam em meio a tantas opções, mesmo que o indivíduo em questão seja leigo.
  • Ampla escolha de comunicações privadas e seguras, além de aplicativos de apoio. Instalado junto ao Android do BlackBerry Priv, os apps nativos da empresa da América do Norte servem como ainda mais 'chaves de segurança' ao consumidor. BBM é um bom exemplo, levando um mensageiro seguro aos entusiastas do robozinho, encriptando mensagens em duas vias a fim de garantir que apenas o remetente e o destinatário possam visualizar o conteúdo, assim como o WatchDox, responsável por um compartilhamento de arquivos de modo protegido no celular, e o SecuSUITE, para chamadas privadas.
  • Controle máximo sobre as configurações de privacidade e maior transparência possível. BlackBerry foi capaz de criar subsistemas que analisam o sistema operacional e oferecem respostas rápidas aos usuários sobre a situação atual do aparelho, mostrando o nível de segurança promovido por cada aplicativo. Nesta iniciativa, inclui-se a utilização do DTEK, uma plataforma capaz de gerenciar as funcionalidades de proteção, mas com foco em ser uma ferramenta nada complexa.


  • A promessa de privacidade além do software e hardware. A marca BlackBerry por si só já remete à segurança, pois a ex-gigante do mercado de telefonia móvel sempre foi ligada ao fator de proteção quando o assunto são celulares. Desta forma, pela empresa estar sob os holofotes de quem sempre acompanhou sua história, é válido pensar que a mesma precisa se manter como a companhia voltada ao ramo corporativo, que requer, acima de tudo, sigilosidade. Poucos nomes remetem a tamanho sucesso em segurança.

0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo