. Análise do chipset Apple A9 mostra uma GPU mais potente e o dobro de memória cache - Tudo Sobre Tecnologia



Apple nunca foi de revelar grandes detalhes sobre o hardware de seus smartphones em eventos de lançamentos. Com o iPhone 6s não poderia ser diferente. Apenas foi dito que o chipset Apple A9 é 80% mais rápido que seu antecessor. Infelizmente, como acontece a cada ano, a gigante de Cupertino nunca informa detalhes sobre o SoC, como a quantidade de núcleos, velocidade de operação, processo de fabricação ou quantidade de memória RAM.


Com a falta de informações oficiais ficamos esperando por vazamentos vindo por aqueles que colocaram as mãos nas primeiras unidades. Inicialmente foi alegado que o chipset viria com quatro núcleos, finalmente abandonando a solução dual-core usada pela companha há anos. No entanto, logo depois surgiram mais rumores negando que isto teria acontecido e apostando mais uma vez em um chipset com dois núcleos trabalhando, nesta geração, a 1,8 GHz. De qualquer forma, não deixa de ser um salto considerável comparado ao anterior.


Já vimos um comparativo entre o iPhone 6 Plus e iPhone 6s Plus mostrando que a nova CPU não trouxe grande ganho em desempenho na prática, mas e a GPU? Muito pouco foi dito sobre o componente gráfico. Na geração passada, Apple trouxe a PowerVR GX6450 com quatro núcleos de processamento. Com o Apple A9, a empresa trouxe uma solução gráfica com seis clusters, o que mostra que podemos estar diante da PowerVR GX6650 lançada ano passado. Isso resulta em um salto de 150 GFLOPs para 230 GFLOPs (unidade de medida de potência gráfica).


0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo