. Google vai reformular serviços de músicas para enfrentar concorrência - Tudo Sobre Tecnologia


Google está planejando novos e reformulados serviços de streaming de música para as próximas semanas, na tentativa de se destacar em uma arena cada vez mais cheia de rivais, como Apple, Amazon e Spotify.

Um acerto nesse mercado de músicas representa uma forma do Google de aumentar suas chances de sucesso continuado, visto que cada vez mais pessoas passam tempo usando seus dispositivos móveis.
O YouTube se tornou um titã discreto no streaming de músicas graças à popularidade dos clipes musicais. Atualmente, os vídeos devem ser escolhidos uma faixa por vez. Nas próximas semanas, o YouTube lançará novos serviços de músicas com anúncios e assinaturas, capazes de tocar diversas faixas em sequência, segundo uma pessoa familiarizada com o assunto.
Havia a expectativa de que o Google lançasse os serviços do YouTube até o final do verão no hemisfério norte, e a companhia havia oferecido poucos detalhes.
Uma atualização do Google Play Music, atual serviço de streaming de música do Google que usa uma assinatura de US$ 10 por mês, também virá em breve. A nova versão vai incorporar a tecnologia adquirida pelo Google com a compra do Songza, um serviço de música conhecido por sua capacidade de recomendar faixas, diz Jamie Rosenberg, vice-presidente de conteúdo digital do Google, em entrevista.
A variedade de abordagens arrisca confundir consumidores, afirma Alex Luke, um investidor do The Valley Fund que atuou como executivo da gravadora EMI Music e foi diretor de programação musical da Apple até 2011.
Ele argumentou que os vencedores em músicas digitais vão oferecer programas com estilo de rádio, downloads e deixarão ouvintes montarem suas próprias listas de reprodução.

0 comentários Goocle+ 0 Facebook

Postar um comentário

 
Tudo Sobre Tecnologia © 2013-2020. Todos os direitos reservados. Tudo Sobre Tecnologia. Desenvolvido por TST
Topo